sábado, 20 de maio de 2017

" O que me impressiona das delações da JBS é a postura da população.Mais uma vez,nós vemos torcidas de partidos,que mais parecem crianças em dias de jogos escolares,satisfeitos porque o "time" do coleguinha é pior.Não há revolta contra o sistema político;não há insatisfação com o sistemático desrespeito que somos tratados;não existe qualquer união social para mudar as regras do jogo.Jogo esse que é jogado com a mesma tática por PT, PSDB, PMDB e por todos os partidos.A regra,como diz Arnaldo César Coelho,é clara:a classe política duela pelo poder e o vencedor ganha o direito de oprimir e desrespeitar o povo.O  perdedor assume o papel de paladino da justiça e acusa o vencedor de corrupção.Juntos os "times" tentam manter a cobrança social restrita aos gritos organizados de #Fora Dilma ou #Fora Temer. Pra isso,utilizam seus sindicatos ou orgãos de classe,que são liderados por capachos(muito bem pagos).Mais uma vez,nós estamos deixando passar a chance de mostrarmos que sabemos que o golpe é generalizado.Nele estão todos:Lula,Dilma, Aécio, Temer, Jucá,Dirceu, Palocci,... o golpe é contra os nossos direitos.O golpe está em pagar impostos abusivos e saber que eles viram propina.O golpe é em não termos acesso aos direitos básicos de saúde e ducação.O golpe é contra o povo e não em políticos que atuam tão sorrateiramente quanto os rivais.Não temos correntes políticas de direita ou de esquerda.O que temos são facções criminosas que duelam pelo  poder.Imaginar que isso mudará sem revolta popular é ingenuidade."

Nenhum comentário:

Postar um comentário