domingo, 17 de agosto de 2014

Carnes

Conhecer para não levar gato por lebre:

O boi permite 21 tipos de cortes entre os considerados de "primeira" e os de "segunda". Essas qualificações são geradas pelos próprios cortes; os valores nutritivos são os mesmos. Sua carne é boa fonte de proteína, fósforo, ferro e de vitaminas do Complexo B. A idade do gado abatido influi no sabor e na textura da carne, embora a maciez dependa muito do corte.

Não compre carne em açougues não muito confiáveis. Procure ser cliente de um estabelecimento bom, limpo e onde o açougueiro não seja apenas um cortador de carne, mas um profissional competente. Alguém que saiba cortar a carne, confirme as especificações exigidas e que, na falta daquela que você procura, possa orientá-la, com segurança, sobre outro tipo que possa substituí-la, sem problemas.

Comprando de um fornecedor idôneo, você se poupará de receber desagradáveis contra-pesos, que nada têm a ver com o que está sendo pago.

A chamada carne de primeira é retirada de uma parte do animal que é menos exercitada, assim como a de segunda, mais rija, provém das mais exercitadas, tendo uma textura mais desenvolvida; mais forte, portanto, a menos delicada. Ao comprar qualquer um dos tipos, observe se ela está firme e brilhante, com aspecto saudável e levemente úmida. Se tiver gordura, esta deverá ser clara e firme, também.

Para evitar desperdícios, calcule sua compra corretamente. A tabela é esta:

a)Carne sem osso - 175 gramas por pessoa.

b)Carne com osso - 300 gramas por pessoa.

c)Para o churrasco a quantidade aumenta para 500 a 600 gramas se for servida apenas a carne ou 400 a 500 gramas se for acompanhada por saldas, pães ou mandiocas.

Antes de ser posta à venda, a carne bovina sofre um processo de maturação, que a torna mais macia e tenra.

No mercado existem cortes limpos, embalados à vácuo, e congelados, que podem ser conservados até por 60 dias, sem risco de contaminação. É o tipo chamado de carne resfriada. Às vezes sua cor é escura, o que não significa estrago.

Cada corte é uma dádiva, que você usa bem ou mal, tira proveito ou não. Há cortes para diferentes destinações. Para melhorar sua arte culinária. Ponha o pedaço certo em sua receita.

-Para assar: rosbife, bisteca com osso, miolo de alcatra, picanha, maminha, coxão duro ou mole, lagarto, patinho e ponta-de-costela.

-Para refogar: cupim, acém, bisteca, patinho, fraldinha, capa de filé e filé de costela.

-Para ensopar: Além dos que servem para refogar, entram rabo, tutano, ponta de agulha, aba de filé, peito e carne moída.

-Para fritar: contrafilé, patinho, coxão mole, alcatra e filé mignon.

É bom conhecer os cortes todos. Certamente esse conhecimento irá ajudá-la nas horas de crise, falta de carne, etc.

-Aba do filé: utilize-a moída pois tem nervos demais.

-Acém: carne de "segunda", relativamente magra, que pode entrar em cozidos, assados, refogados, ou preparada em bifes ou moída.

-Alcatra: de "primeira" , de fibras macias.

-Braço: conhecida por paleta ou pá, é carne nervosa, que leva muito tempo para cozinhar. É de "segunda".

-Capa de filé: outra carne nervosa, de "segunda" , que pede muito tempo no cozimento.

-Contrafilé: também conhecido por filé do lombo. Muito macio, é magro mas sua parte externa mostra grossa camada de gordura.

-Coxão duro ou Chã de dentro ou, ainda, Ponta de Alcatra: é um pedaço com fibras grossas, mas menos macia que as do coxão mole. Mas de "primeira" , como esse.

-Coxão mole: constituído por fibras macias e curtas, com gordura e nervos.

-Cupim: é a corcova do boi-zebu. Nele, fibras e gordura se entrelaçam. É saboroso e muito usado em churrasco. Mas exige um longo tempo de cozimento.

-Filé de costela: também é chamado de filé de costa, é de "segunda" , demora para cozinhar e é recomendável em cozidos e refogados.

-Filé mignon: extremamente macio, mas não muito saboroso, sempre pede um bom molho por acompanhamento. Peso médio: 2 quilos.

-Fraldinha: composta pela parede do abdômen do animal, tem fibras longas, nervos e gorduras. De "segunda".

-Lagarto: de "primeira" , formado por fibras longas e magras, com uma parte externa gordurosa.

-Maminha do alcatra: muito macia, naturalmente de "primeira".

-Músculo: às vezes considerado de "segunda" , às vezes de "terceira". Cortado com osso toma o nome de osso-buco. É de ótimo sabor.

-Patinho: corte de "primeira" , com fibras macias. Ao fazer bifes corte-o no sentido das fibras para que não endureçam.

-Peito: exige muito tempo de cozimento por causa da grande quantidade de músculos e fibras. É de
"segunda".

-Pescoço: tem muito tecido conjuntivo e gordura, exige prolongado tempo de cozimento. É considerado de "terceira".

-Picanha: carne muito macia, indicada especialmente para churrasco. Ao comprá-la, não se deixe enrolar. Ela deve ter não mais de 25 centímetros de comprimento e o peso ideal é de 1 quilo a 1.500 gramas. Se pesar mais você estará pagando uma parte em coxão duro e a peça não terá maciez uniforme.

-Ponta de agulha: considerada de "terceira" , é constituída pelas últimas costelas do boi. Pode ser moída e, quando inteira ou em pedaços, também pede muito tempo de cozimento.

-Rabo: compõe-se de diversos ossos recobertos com carne gordurosa e, como toda carne junto ao osso, bastante saboroso.

Fonte:Internet



Churrasco - Dicas

01-Na hora de fazer churrasco, em vez de usar gravetos ou jornais, embeba um pãozinho em álcool, coloque o carvão por cima e acenda o fogo.


02-Antes de fazer o churrasco, deixe a carne algum tempo num molho com sal grosso, coca cola e caldo de laranja e de limão. O churrasco ficará mais macio e gostoso.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

domingo, 10 de agosto de 2014

O que não é amor

Se você precisa de alguém para ser feliz, isso não é amor, é carência.
Se você tem ciúme,insegurança e faz qualquer coisa para conservar alguém ao seu lado, mesmo sabendo que não, é amado,e ainda diz que confia nessa pessoa,mas não nas outras,que lhe parecem todas rivais,isso não é amor,é falta de amor próprio.
Se você acredita que sua vida fica vazia sem essa pessoa;não consegue se imaginar só e mantém um relacionamento que já acabou só porque não tem vida própria e existe em função do outro,isso não é amor,é dependência.
Se você acha que o ser amado lhe pertence;sente-se dono(a) e senhor(a) de sua vida e de seu corpo;não lhe dá o direito de se expressar, de ter escolhas,só para afirmar seu domínio,isso não é amor,é egoísmo.
Se você não sente desejo;não se realiza sexualmente;prefere nem ter relações sexuais com essa pessoa,porém sente algum prazer em estar ao lado dela,isso não é amor,é amizade.
Se vocês discutem por qualquer motivo;morre de ciúmes um do outro e brigam por qualquer coisa;nem sempre fazem os mesmos planos;discordam em diversas situações;não gostam de fazer as mesmas coisas ou ir aos mesmos lugares,mas sexualmente combinam perfeitamente,isso não é amor,é desejo.
Se seu coração palpita mais forte;o suor torna-se intenso;sua temperatura sobe e desce vertiginosamente,apenas em pensar na outra pessoa,isso não é amor ,é paixão.
Agora, sabendo o que não é o amor,fica mais fácil analisar,verificar o que está acontecendo e procurar resolver a situação.Mesmo que a situação se confunda às vezes para você,o correto é que avalie a “presença” e a “ausência” de seu par na sua vida, e diante do resultado de seus sentimentos, irá perceber se algumas das situações acima são temporárias ou caracterizam definitivamente seu tipo de relacionamento.Porque a “convivência” faz com que o tempo transforme o que é o amor em eternidade.
Autoria por mim desconhecida

Dia dos pais

Por ser pai,hoje é comemorado o meu dia.Neste dia,os meus filhos me dirão palavras de carinho e me darão presentes,como forma de agradecimento pelo pai que eu sou para eles.Todo mundo exalta a importância de um pai na vida de um filho,seja no exemplo de vida, no cuidar da educação, no sustento,etc..Sabe,para mim,hoje como todos os outros dias,é dia dos filhos.Digo isto porque os meus filhos,todos os dias me dão exemplos de vida,me ensinam a ser mais paciente,me alegram,me realizam,me estimulam a ser uma pessoa melhor,e acima de tudo, me fazem acreditar que sou filho de Deus;pois só um pai daria de presente a um filho algo tão maravilhoso...meus 4 filhos:Dani,Rodrigo,Camila e Maria Eduarda,que são, e sempre serão, a minha maior realização, o meu orgulho e a razão do meu viver.Obrigado meus filhos pelo amor,carinho e atenção que vocês me dão,mesmo não sendo um pai perfeito,mas um pai que os admira e os ama, e sempre estará junto a vocês em todos os momentos das suas vidas,contribuindo sempre para a sua felicidade.

prof.Roberto Calazans


Uma carta e belas fotos

O que é um filho?